Pesquisar este blog

domingo, outubro 31, 2010

Força.


Queria ser como um cavalo selvagem, forte, bravo e corajoso. Poderia ir a qualquer lugar, correndo, sem dar satisfações a nenhum intrometido. Seria livre, belo e ninguém se preocuparia comigo. Não manteria contato com nenhuma pessoa. Correria pelo mundo. Jamais deixaria ser selado e domado. Encontraria um amor e iríamos juntos para qualquer lugar do mundo. Mas eu não sou. Sou uma menina prestes a quebrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário